+ Notícias

  • Crédito: Juan Ocampo/NBAE via Getty Images Sport.

    Tex Winter foi peça fundamental nos Bulls de Michael Jordan e nos Lakers de Kobe Bryant.

Aos 96 anos, morre o pioneiro do triângulo ofensivo

Um dos responsáveis pelos seis anéis dos Bulls e cinco dos Lakers, Tex Winter falece no Kansas
Por: Redação - 11/10/2018 11:03:55
152 visualizações

O ex-treinador Tex Winter, que foi pioneiro do triângulo ofensivo responsável pelos seis títulos do Chicago Bulls e dos cinco últimos dos Los Angeles Lakers, morreu aos 96 anos. Segundo informações da Kansas State University, o ex-técnico da equipe faleceu na quarta-feira em Manhattan, no Kansas. Querido por todos, Tex Winter recebeu diversas homenagens de seus ex-atletas.

"Aprendi muito com o treinador Winter. Ele foi um pioneiro e um verdadeiro estudioso do jogo", afirmou Michael Jordan, em um comunicado enviado ao Chicago Tribune. "Seu triângulo foi uma grande parte de nossos seis campeonatos com o Bulls. Ele era um trabalhador incansável. Tex estava sempre focado em detalhes e preparação e um ótimo professor. Tive a sorte de jogar por ele. Minhas condolências à sua família”, encerra o Jumpman.

Winter começou sua carreira de treinador como assistente de Jack Gardner no Estado do Kansas em 1947, antes de passar dois anos em Marquette, onde se tornou o mais jovem treinador principal em basquete universitário aos 30 anos. Mais tarde, ele retornou ao Estado do Kansas, onde serviu como treinador principal por 15 anos e levou os Wildcats a duas aparições no Final Four em seis torneios da NCAA.

Winter, que publicou "The Triple-Post Offense" em 1962, deu o salto para a NBA em 1971, servindo como treinador do Houston Rockets por duas temporadas. Ele foi contratado como assistente técnico em Chicago em 1985 pelo gerente geral, Jerry Krause, e formou uma equipe com o treinador Phil Jackson. Os dois foram responsáveis pelos títulos dos Bulls em 1991, 1992, 1993, 1996, 1997 e 1998.

"Tex Winter era uma lenda do basquete e talvez o melhor professor fundamental na história do nosso jogo", disse o vice-presidente executivo de operações de basquete da Bulls, John Paxson, ex-jogador de Winter. "Ele era um inovador que tinha altos padrões de como o basquete deveria ser jogado e abordado todos os dias. Aqueles que tiveram a sorte de jogar por ele sempre respeitarão sua devoção ao basquete. Suas contribuições para a organização do Bulls sempre será lembrada", exaltou.

Antes de responder a perguntas de repórteres depois do jogo da pré-temporada de quarta-feira com o Lakers em Las Vegas, Steve Kerr, treinador do Golden State Warriors, abriu alguns sentimentos sobre Winter, chamando-o de "uma das pessoas mais importantes da minha carreira de basquete".

"O que ele fez por mim e pelo caminho que ele colocou em mim e a chance que ele me deu em Chicago junto com Phil Jackson mudaram toda a minha vida", disse Kerr. “Eu aprendi muito sobre basquete do Texas. [O assistente dos Warriors] Ron Adams me disse que o Tex sabia mais sobre a história do jogo e sobre os fundamentos do jogo do que qualquer um que ele já conheceu em sua vida. Joguei para Tex por cinco anos e aprendo com ele, muito do que eu faço aqui com os Warriors é inspirado nas coisas que aprendi com Tex”, revelou.

Em 1999, Winter seguiu Jackson para Los Angeles, onde o triângulo se tornou a pedra fundamental de uma equipe do Lakers que ganhou três campeonatos de 2000 a 2002. Winter foi consultor da equipe campeã de 2009 em Los Angeles, e o Lakers também venceu em 2010.

"Em nome de toda a organização Lakers, gostaria de expressar nossa tristeza pelo falecimento de Tex Winter", disse Jeanie Buss, proprietário do Lakers, em comunicado. "Tex ajudou a liderar a equipe em quatro campeonatos da NBA e foi um mentor para muitos dos nossos treinadores e jogadores. Além de suas inúmeras contribuições para o jogo de basquete, Tex era um homem maravilhoso e ele será muito sentida", ratificou

O ex-astro dos Lakers Kobe Bryant chamou Winter de gênio do basquete "em todos os sentidos da palavra". "Meu mentor. Sentei-me com Tex e assisti a cada minuto de cada jogo durante a nossa primeira temporada juntos. Ele me ensinou a estudar todos os detalhes", Bryant postou no Twitter.

Ex-Laker Shaquille O'Neal creditou Winter por uma parcela de seu próprio sucesso. "Nós costumávamos discutir muito. Ele era um mestre do triângulo. Eu gostava de sair do triângulo de vez em quando, mas, ele apenas transmitia a mensagem de que funciona e nós sentamos e assistimos ao filme e ele tinha que dizer: ‘Às vezes, você não tem que ser Shaq, o cara dominante, você tem que ser como um chamariz, envolver os outros’”, que completou.

Eu acho que quando eu fiz isso, especialmente nos playoffs, todo mundo foi capaz de se sentir confortável e crescer. Mas, novamente, ele definitivamente me ajudou a chegar ao próximo nível", confessou o gigante.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *